8 Diferença entre Água Oxigenada e Emulsão Reveladora - Cabelos E Sonhos

Postado dia 25 janeiro 2013

Diferença entre Água Oxigenada e Emulsão Reveladora




Olá leitores do Cabelos E Sonhos.

Recentemente me perguntaram na página do Facebook qual a diferença entre emulsão reveladora e água oxigenada e quando cada uma deveria ser usada, por isso hoje vou distinguir as duas e mostrar o que cada uma faz.


Água oxigenada ou emulsão reveladora???



Primeiro é importante ressaltar uma coisa: ambas liberam oxigênio. Poderíamos chamar as duas de água oxigenada, pois água oxigenada nada mais é que a água que conhecemos adicionada de uma molécula a mais de oxigênio como vemos na formula abaixo:

Água = H²O
H²O + O = H²O² (água oxigenada)

Outra menção importante a se fazer é que somente chamamos de água oxigenada o peroxido de hidrogênio em solução aquosa, caso contrario a fórmula H²O² é naturalmente o Peróxido de Hidrogênio.

Bom, para quem quiser se aprofundar mais no estudo sobre esse assunto eu indico essa matéria:



A seguir vem a pergunta: então porque o nome água oxigenada e emulsão reveladora?

Boa pergunta (tem uma propaganda assim não tem?).

É que a água oxigenada, ou oxidante para ser mais correto, normalmente é usada na volumagem de 20, 30 ou 40. Isso depende de quantos tons se pretende clarear com a tintura.

Se uma pessoa tem o cabelo castanho claro e quer fazer uma coloração loiro claro ela terá que clarear 3 tons, então ela terá que usar uma "'agua oxigenada" de 30 volumes que é quem tem poder de clareamento de até 3 tons.

Por outro lado, a emulsão, que é mais chamada de "emulsão reveladora" leva esse nome porque normalmente sua volumagem é em torno de 9, tendo assim uma quantidade menor de peroxido de hidrogênio e por isso menor capacidade de clareamento (quase nenhuma).

E quando uma e outra devem ser utilizadas?

Resposta: ambas são oxidantes, pois liberam oxigênio.

No entanto as tinturas permanentes precisam expandir mais os pigmentos para que estes se fixem nos fios (necessário que a tintura tenha amônia) e somente as tinturas permanentes tem poder de clareamento. Por isso a necessidade de usar água oxigenada.

Já os tonalizantes não tem poder de clareamento, nem de cobertura de brancos, por não possuírem amoníaco (se bem que hoje alguns não tem amoníaco mas tem etanolamina e etc...), e por conta disso não necessitam de expandir tanto os pigmentos, pois eles fixarão apenas na parte externa do fio.

Por isso a emulsão contem uma menor quantidade de peroxido de hidrogênio, pois não necessita de clareamento ou fixação, mas somente revelação do pigmento.

Eu também dei muito mais detalhes sobre os diferentes tipos de coloração existentes no mercado, que inclusive a maioria dos profissionais (eu diria 70 ou 80%) não conhecem, veja:

Agora creio que você entendeu as diferenças e nunca mais vai se confundir.

E é exatamente esse meu objetivo: abrir a cabeça das pessoas para que não comam na mão dos outros, mas saibam diferenciar por si mesmas, o certo do incerto e ajudem ao profissional e/ou o cliente.




Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 10 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG. Ex-professor de cabeleireiro em uma das maiores escolas de BH, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Tem se destacado na internet através do blog Cabelos E Sonhos por levar conhecimento com fundamento e técnica para o público consumidor e profissional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...