8 Como Fazer um Bom Corte de Cabelo? - Cabelos E Sonhos

Postado dia 03 abril 2013

Como Fazer um Bom Corte de Cabelo?




Olá leitores do Cabelos E Sonhos.

A dúvida da pessoa que tem o cabelo a ser cortado é justamente quanto ao corte que combina com ela. E a dúvida do profissional, muitas vezes é em como indicar ou fazer. Então vamos falar sobre como fazer um corte de cabelo bonito, ou melhor dizendo: como fazer um bom corte de cabelo.

Uauu...sou suspeito pra falar


Já vou logo começar dizendo que um bom corte não tem nada a ver com cortar muito. Nem com mudar radicalmente uma cabeleira.


Nada disso!

Um bom corte envolve, na minha opinião, em primeiro lugar, o gosto da pessoa. Se ela não suporta cabelos curtos então nem pensar podemos fazer um corte como o da foto acima. Em contra partida, se ela é daquelas que gosta do estilo Llongueras ou Tony & Guy então não adianta fazer um corte certinho/bonitinho.

Enfim, eu sempre digo que corte é parceria entre cliente/profissional. E aqui vai um puxão de orelha para os profissionais que estão lendo: quando a pessoa falar 2 dedos é DOIS DEDOS, cerca de 2,3 centímetros, entendeu?

Depois perde o cliente e não sabe porquê...

Recentemente eu publiquei um passo a passo mostrando a tendencia de corte para 2013, uma grande mudança mas que agradou a modelo e atendeu às expectativas dela, para profissionais então vale muito a pena conferir:



E para não ficar de fora das novidades sobre cabelos assine nosso FEED gratuitamente com seu email e receba matérias em primeira mão assim que publicarmos, direto na sua caixa de entrada.

Agora os passos básicos para se efetuar um bom corte de cabelo:

  1. Direcionamento do cliente: a primeira coisa a saber é o que o cliente mais detesta e o que ele mais gosta em termos de comprimento/volume. Assim você já exclui algumas variantes de corte e não corre o risco de ser a estrela cadente em sua própria cadeira;

  2. Personalidade do cliente: aqui o que deve ser verificado são coisas do tipo: qual o tipo de trabalho da pessoa, como ela se veste no dia-a-dia, qual a imagem que ela precisa passar, qual a disponibilidade dela para arrumar o cabelo em casa...Lembro que uma vez um cliente advogado, cabelo liso, loiro alemão, longo, acabou cortando curtinho porque achava que não estava passando uma imagem de uma pessoa séria que tinha um grande escritório de advocacia o qual seu cliente poderia confiar nele..;

  3. Visagismo: aqui o que deve ser observado é o formato do rosto, se é oval, redondo, cordiforme, quadrado, triangular... Isso influenciará por exemplo se você vai deixar a pessoa com um aspecto mais slim ou se ela vai sair do salão 15 kg mais gorda (mulheres agora ficaram aterrorizadas, aposto!);

  4. Material adequado: durante muito tempo usei uma única tesoura, mas o tempo passou e fui percebendo que para cada traço desejado fazia-se necessário ter tesouras diferentes. Particularmente só uso tesouras com fio navalha e as japonesas são as melhores. Mas também é ideal ter uma boa navalha de dentes diferentes e até mesmo uma navalha elétrica que cauteriza o fio enquanto corta;

  5. Fazer o que domina: não tente fazer algo que você não domina e viu "mais-ou-menos" como se faz. Fazendo o pouquinho que sabe, mas bem feito, você com certeza não terá problemas com a pessoa;

  6. Finalize e assine: sempre escove o cabelo e depois dele pronto volte o confira tudo. Se tiver uma pontinha, mesmo que a pessoa esteja na porta da rua, vá atrás e tire, pois melhor é você mostrar que deixou passar algo e corrigir do que a pessoa ser alertada por outra que você falhou.

Acima eu falei sobre os materiais e comentei sobre a navalha elétrica. É muito bakana pois ela aquece a 180 graus e cauteriza as pontas enquanto corta.

Inclusive eu fiz um passo a passo com uma cliente e postei aqui mostrando o resultado do trabalho e como foi feito o corte, confira:

Veja que nessa matéria eu não fiquei ditando normas. Eu não sou o cheio de razão. Eu aprendo muito com vocês, de uma forma ou de outra.

Mas essas são dicas que aprendi com profissionais extraordinários durante esses 9 anos e que me ajudaram muito e estou compartilhando com vocês.

E bakana seria você contar pra gente como tem sido seus cortes: tem gostado do trabalho do seu cabeleireiro? Pretende fazer uma mudança no seu corte?

E você profissional, vai mudar um pouco sua forma de ver o corte e investir em sí mesmo? Tirou algum proveito dessa matéria? Conta pra gente.



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 10 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG. Ex-professor de cabeleireiro em uma das maiores escolas de BH, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Tem se destacado na internet através do blog Cabelos E Sonhos por levar conhecimento com fundamento e técnica para o público consumidor e profissional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...