Postado dia 23 outubro 2013

Como Reconstruir o Cabelo Profissionalmente




Olá leitores do Cabelos E Sonhos.

Cabelo eleva a beleza de uma pessoa quando este está devidamente cortado, tratado, e com uma boa tonalidade. Mas com tantas mudanças pode acontecer de o cabelo sofrer uma desestruturação, e nesse caso como reconstruir o cabelo? Outra pergunta ainda mais genérica é o que é reconstrução capilar?

Reconstruir é poder!

Internet é algo muito democrático mesmo. Certa vez li em um lugar a seguinte explanação: “internet é algo tão louco que mulher gorda fala de dieta, feia fala de beleza e mal amada de como ser feliz no relacionamento”...

Fiquei pensando naquela frase, que era uma brincadeira de alguém que talvez seja triste por dentro mas faz piadas na internet!...

Mas tinha um sentido, e vejo isso quando o assunto é cabelos. Dê uma vasculhada por aí e você vai ver que quase todo blog hoje tem uma Tag cabelos. O blog é de roupa e fala sobre cabelo, maquiagem e fala de cabelo, de estética e fala sobre cabelo, de nada e fala sobre cabelo...

E aí o que se vê são informações desencontradas, um monte de ctrl c + ctrl v. Eu dou R$1000,00 (mil reais) se alguém conseguir provar que eu copiei matéria de algum blog. Falo do que estudei, aprendi, do que sei pelo menos um pouquinho.

Por que falei tudo isso? Porque há muito tempo tenho visto falar na internet sobre reconstrução capilar mas é algo que ninguém explica convincentemente. Se eu perguntar pra você o que é reconstruir um cabelo você sabe, tecnicamente, explicar? Talvez você diga: “Mas eu não sou profissional”! Então por que fala do que não sabe?

Aqui não vou explicar o que é reconstrução capilar, mas falar como ela procede, afinal eu falei sobre reconstrução capilar em outra matéria, veja:


Para reconstruir o cabelo você precisará necessariamente refazê-lo. Isso porque se o cabelo foi destruído com certeza ele sofreu danos em sua estrutura. Cutícula, córtex, ligações, pigmentos, tudo acabou, de uma forma ou outra, sendo destruído. E então que entra a reconstrução.

Vamos pegar como exemplos dois tipos de destruição nos cabelos: a de um que ao fazer mechas o cabelo quebrou, e outro que ao fazer relaxamento também quebrou. Ou podemos também usar como exemplo os mesmos cabelos citados acima que não chegaram a quebrar mas ficaram no fio da navalha, ou seja, emborracharam, ficaram elásticos, quase se partindo.

Para você entender melhor sobre cabelos elásticos leia sobre o tema:




Os cabelos citados acima quebraram porque o Ph foi elevado à alturas que acabou por destruir ligações, proteínas, cimento intercelular... Nesse caso o que precisa ser feito é exatamente reconstruir essas, vamos chamar, partes.

Isso só é possível levando elementos (os mesmos citados) para dentro do fio, e tem que ser feito de uma forma enérgica. Como assim de uma forma enérgica? Segundo o pai dos inteligentes (sim, o dicionário é pai dos inteligentes e não dos burros!) cauterizar, na forma figurada, é "corrigir usando-se de meios violentos".

E que meio violento seria esse? A cauterização. Mas o violento mesmo não é somente fazer uma cauterização e pronto, mil maravilhas. O meio violento aqui empregado envolve periodicidade (uau que palavrão!) e habitualidade. Como assim?

Para reconstruir o cabelo você tem que cauterizá-lo (eu indico a frio, sempre) pois terá a possibilidade (dependendo da marca) de reconstruir o cimento intercelular, por conta dos carboidratos, reconstruir o córtex, por conta das proteínas e aminoácidos, e de impedir que o processo danoso se prolongue no tempo.

Contudo isso deve ser feito com periodicidade (ela de novo) ou seja, mensalmente, até o cabelo ser reconstruído.

Mas agora vem a violência em forma de prática bruta: se for não fizer uma manutenção em casa com excelentes produtos (porque as pessoas tendem a ver a palavra "bons" como "mais ou menos"), você não conseguirá em um prazo curto reconstruir seu cabelo, e talvez nem mesmo chegue a reconstruí-lo, pois é a mesma coisa que comer: você come hoje então não precisa comer amanhã ou depois certo?

Massssssss, se você é daquele tipo de pessoa que se convence que irá reconstruir seu cabelo apenas por ter comprado um produto qualquer, que no rótulo está escrito "para reconstrução", então creio que irá se frustrar.

Dito isso você pode se perguntar: "então como saber que tipo de produto preciso?". Simples: leia sobre o CCB. Todas as matérias. Olha o menu lá em cima.



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 12 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG, também em salões parceiros pelo Brasil esporadicamente. Ex-professor de cabeleireiro, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Faz do blog Cabelos E Sonhos sua escola virtual onde compartilha o que sabe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...