Postado dia 17 dezembro 2014

Usar ou não o condicionador depois da máscara




Muita gente afirma que usa o condicionador após a mascara e que isso melhora muito o tratamento. Outras afirmam que é melhor usar o condicionador e depois a máscara. E outras que usam só a mascara. Mas qual o certo a fazer?



O que fazer hein


Óbvio que existe um certo. Essa questão de que "tudo é bom e tudo dá certo porque no final o resultado é o mesmo" é conversa de quem não entende do que fala. E olha bem pra minha cara de preocupação em relação às pessoas que entram aqui no blog pra me xingar nos comentários dizendo que não entendo nada:



É impossível se chegar ao mesmo lugar indo por caminhos diferentes. É como aquela historia de que todos caminhos levam à Deus. Diz o Dj Alpiste: "se é verdade que todos caminhos podem levar à Deus, por que será que nem todas estradas levam ao mesmo lugar?". Questão de raciocínio e inteligência.

E pessoal, eu não sou bravo. Sério mesmo! Mas sou bem definido no que creio e vivo pelo que creio, como em relação à cabelos e cosméticos.

Inclusive falei sobre a questão de trocar o condicionador pela máscara no dia a dia, e creio que se você veio até essa matéria aqui, então deva ter também essa dúvida. Aproveite para tira-la na matéria abaixo:

O fato é que só se deve usar condicionador após a máscara que a própria marca indicar no seu rotulo, lá em "modo de uso" que fica atrás do produto.

Ao meu ver, e isso já é uma opinião pessoal, de acordo com meu raciocínio, e que aqui não estou impondo, como não imponho nada, as marcas que indicam usar condicionador após a máscara o fazem porque a máscara não é tão hidratante assim.

Pois se você observar o que eu disse na hierarquia dos itens do CCB verá que a máscara terá sempre mais porcentagem do tratamento que o condicionador da mesma linha.

Se você não sabe do que se trata a hierarquia do CCB, nem mesmo o CCB, confira esse que é, na minha opinião, um curso gratuito de como tratar os fios:

Portanto eu não indico usar condicionador após a máscara. Pra mim é perda de produto. E pra quem usa, vamos fazer assim: "eu não critico a você, e nem você a mim"... Momôzin...



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 12 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG, também em salões parceiros pelo Brasil esporadicamente. Ex-professor de cabeleireiro, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Faz do blog Cabelos E Sonhos sua escola virtual onde compartilha o que sabe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...