Postado dia 15 janeiro 2015

Diferença de produtos profissionais e comerciais




Geralmente produtos de cabelos que são vendidos em drogarias, supermercados, lojas de cosméticos gerais, são denominados comerciais. Já para produtos que são comercializados somente em salões de beleza, que necessitam da indicação adequada de um profissional habilitado, são chamados de profissionais. Mas quais as diferenças na pratica?




Escolha seu destino


O que escuto no salão é que produtos comerciais são baratos e os produtos profissionais, de salão, são caros. Mas essa premissa nem sempre é verdadeira. Preço e valor são coisas distintas que nem sempre mostram a mesma realidade e vamos ver isso aqui, nessa matéria.

Ao criar o CCB, Cronograma Capilar Brasileiro, que em nada tem a ver com o cronograma capilar difundido na internet a mais tempo, logo vieram perguntas do tipo se produtos de farmácia poderiam ser usados ou não.

Para começar, se você necessita se situar sobre o que é o CCB, sugiro que leia as 4/5 primeiras matérias, das principais, que irei colocar no link abaixo:

Claro, para ficar por dentro de fatos e fotos exclusivos do mundo dos cabelos você pode aproveitar e seguir nosso Instagram também, @cabelosesonhos.

Quando criei o CCB meu objetivo foi passar algo fácil para as pessoas fazerem tanto em casa como os profissionais também utilizarem no salão, já que é a maneira como eu trabalho a bons anos e tenho resultados surpreendentes, como você pode conferir em alguns comentários no menu Salão aqui do blog ou no Instagram, o que leva pessoas do Brasil todo a virem aqui (#falei).

O fato é que produtos comerciais como shampoos ,condicionadores e máscaras comerciais são elaborados com o objetivo de lavar, condicionar e dar emoliência aos fios. Ponto!

Já produtos profissionais são elaborados e pesquisados com o fim específicos de gerar um resultado além desses citados acima. E o resultado que digo é: garantia de fortalecer o fio, recuperar sua textura, disciplinar os fios ou mesmo dar volume encorpando os mesmos, proteger a cor por mais tempo impedindo ela de desbotar, impedindo o amarelamento de loiros (sem ressecar os fios), dentre outras funções.

Exemplo prático: há cabelos que chegam aqui com "?" de "é temerário fazer progressiva, ou mechas, nesse cabelo"! Então uso um produto para força, ou melhor, um tratamento para fortalecimento, que trabalha imediatamente no interior da fibra proporcionando FORÇA! Ou seja, a concentração e tecnologia do produto é tão alta que o resultado é instantâneo. Agora imagina esse produto sendo usado diariamente...

Muitos vem aqui falar que só estou interessado em vender meu peixe, ou em ganhar clientes. Se fosse isso então por que eu criaria e exporia GRATUITAMENTE o CCB na internet? Ou ensinaria a hidratar em casa o cabelo como eu faço no salão? Para você ter uma ideia, leia a matéria abaixo:

Na matéria acima eu dou detalhes mega importantes de como potencializar o resultado do tratamento, em casa, sem mim. E aí, o que ganho com isso? Bom, na verdade eu ganho: uma arvore frutífera sempre é limpada pelo Agricultor para que produza mais frutos (só os fortes entenderão!). Dar sem esperar nada em troca tem sido nosso maior prazer. E temos tidos resultados crescentes.

Voltando mais precisamente ao assunto, geralmente quando a pessoa usa um shampoo de $x reais ela gasta horrores para lavar, para "hidratar" (entendeu o entre aspas não é?), porque o produto não faz tanto efeito, não limpa legal, não dá um resultado de tratamento satisfatório e DURADOURO.

Já quando o produto é profissional a pessoa paga $xxx, entretanto ela usa geralmente 1/4 da quantidade do que usava no comercial, isto porque o produto dá resultado, e tem consistência de constituição, não de enrolação.

Não vou citar marca mas há um laboratório que possui uma linha de produtos comerciais e outra profissional e certa vez lançaram os dois com o mesmo componente. A diferença? É que o produto comercial possuía 5% da quantidade do principio ativo que continha o profissional. Daí lhe pergunto: o resultado de um para o outro era grande?

Por isso afirmo: melhor é investir em produtos profissionais, compensa, e muito. Quer fazer o CCB com produtos comerciais? Legal, mas o resultado não será satisfatório.

Fica a dica para quem tinha essa dúvida.



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 12 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG, também em salões parceiros pelo Brasil esporadicamente. Ex-professor de cabeleireiro, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Faz do blog Cabelos E Sonhos sua escola virtual onde compartilha o que sabe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...