Postado dia 24 agosto 2012

O Que é Pytiriasis Esteatoide Capilar e Como Prevenir?




Olá leitores do Cabelos E Sonhos.

Falando mais um pouco sobre algumas questões não divulgadas na internet e muito menos dentro dos salões, hoje quero falar para vocês sobre esse tipo de Pitiriase que é a Pytiriasis Esteatoide. Esse tipo é o mais terrível e quem tem quer logo ficar livre. Não sabe do que se trata? Então leia agora mesmo...


A famosa caspa oleosa ou dermatite seborreica
Pytiriasis esteatoide no couro cabeludo


Esse é um tipo de "doença" do couro cabeludo, não seria essa a palavra correta, que quem possui quer ficar livre dela o mais rápido possível.

Você na correria lava a cabeça e dorme com ela molhada, no caso das mulheres que possuem normalmente mais cabelo e em tamanho maior que o homem, ou então lava o cabelo e fica com ele um longo tempo úmido.

O homem lava cabeça todo dia, e as vezes até 3x ao dia, e pior, com a água em uma temperatura de pururucar (tostar, queimar). Sem contar naquela pessoa que tem o couro cabeludo mais oleoso e acaba por ficar vários dias (4,5,6,7...) sem lavar a cabeça. E isso se dá continuamente.

Pronto! E o que bastava para ter a Pytiriasis Esteatoide, ou como alguns chamam de caspa oleosa. outros denominas dermatite seborreica.

Se você não sabia disso e gostaria de obter mais conhecimento junto conosco então assine nosso FEED e sempre que publicarmos uma matéria você recebe direto no seu email, mas não esqueça de confirmar a inscrição no seu mail.

Este tipo de caspa se diferencia muito da Pytiriasis Simplex. Não sabe o que é? Eu falei sobre em uma outra matéria, veja:


E para quem o problema é com o excesso de oleosidade, que talvez já esteja até causando uma dermatite seborreica ou pytiriasis esteatoide eu falei sobre como tratar:


A pytiriasis esteatoide se manifesta por conta da proliferação do fungo Pityrosporum Ovale. Sobre esse fungo falarei daqui alguns dias. Mas a proliferação desse fungo é que causa a caspa que estamos a estudar.

O que leva esse fungo a se proliferar tão rapidamente é justamente os maus hábitos que relacionei acima tanto para homens quanto para mulheres. Existem outros hábitos mas os que mencionei aqui são os principais causadores da proliferação desse fungo no couro cabeludo e consequentemente da caspa oleosa, como vocês podem observar na foto acima.

Para combater esse fungo é necessário alguns cuidados como:

  1. Não lavar o couro cabeludo com água muito quente para não agredi-lo;
  2. Não ficar com o couro cabeludo úmido durante muito tempo, principalmente se ficar abafado;
  3. Evitar ficar muito tempo sem lavar os cabelos, principalmente em cabelos que tem mais propenssão à oleosidade

De modo algum eu iria aqui esgotar os cuidados necessários, mas uma outra boa pedida é usar produtos que contenham ativos como OCTOPIROX e/ou  PIRITIONATO DE ZINCO que são ótimos combatentes na luta contra a caspa, principalmente a oleosa.


E a pergunta que deixo para você responder abaixo é: você tem ou já teve esse tipo de caspa? Se já teve o que faz a respeito? Se tem o que está fazendo para combater?


Gostou da Matéria? Comente e/ou Pergunte, mas antes de perguntar siga o blog.

Compartilhe no FACEBOOK e divulgue a matéria lá.

Clique em "LEU?" na barra abaixo e seja um Top leitor.

Siga o Cabelos E Sonhos no Twitter: @cabelosesonhos



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 12 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG, também em salões parceiros pelo Brasil esporadicamente. Ex-professor de cabeleireiro, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Faz do blog Cabelos E Sonhos sua escola virtual onde compartilha o que sabe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...