Postado dia 25 março 2016

Solução para raízes oleosas e pontas secas




Muitas pessoas reclamam que possuem cabelos com raiz oleosa mas que as pontas são secas e não sabem o que fazer. Aqui vou dar uma dica boa e simples para fazer no dia a dia e resolver esse problema.




Tenebroso

Primeiramente é muito importante deixar claro que ninguém no planeta Terra (porque vai que o cabelos das alienígenas seja diferente né!!!) tem comprimento e pontas oleosos. Ninguém. e repare ainda que a oleosidade dos fios atinge, no máximo, uns quatro dedos a partir do couro cabeludo. Lá reparou?

Bom, antes de explicar o porquê e dar solução, mostre que gosta do nosso trabalho tanto aqui do blog quanto no salão e segue a gente no Instagram @cabelosesonhos (e de quebra que tal marcar 5 amigas lá?).

 Veja bem, a oleosidade do couro cabeludo é necessária para uma boa manutenção dos fios, até mesmo para combater bactérias sabia? Pois é. Mas claro que a oleosidade excessiva deixa os mesmos com um aspecto fio, ruim, estranho, nojento (ok, parei).

O que acontece é que a quantidade de óleo que é produzido não é suficiente para chegar até o comprimento e pontas, principalmente nos ondulados e cacheados, se assim o fosse teríamos uma quantidade gigantescamente menor de cabelos ressecados. Observe, por exemplo, que normalmente a raiz do cabelo tem uma textura muito boa e não é ressecada.

Também não se pode confundir oleosidade, pura e simples, com resíduos deixados no cabelo. Para não cair nesse erro e tratar o cabelo de forma errada veja essa matéria onde explico as diferenças:



Pois bem, quem possui raízes oleosas e comprimento e pontas secas (diga-se de passagem quem reclama disso geralmente está com pontas ressecadas, e não secas somente) deve-se atentar a dois fatores: limpeza de raiz e tratamento de pontas. Talvez você diga que isso é óbvio, mas você até hoje não soube como resolver...

Para quem tem cabelos assim é indispensável que tenha 2 shampoos diferentes, máscara e leave-in em casa. Shampoo anti-oleosidade (NÃO é antiresiduo ok) para limpar o óleo em sí e dar purificação do couro, shampoo hidratante para o tipo de cabelo para lavar o ressecado, máscara adequada ao tipo de cabelo para hidratação e o leave-in indicado para o estado do cabelo, que ressalto, não deve ser aplicado na raiz.

Faço muito isso aqui no salão. E como sempre pedem dicas, você pode consultar um bom shampoo anti oleosidade feminino clicando AQUI.

Não existe problema algum você usar um shampoo anti oleosidade sempre que lavar o cabelo. Assim como o antioleosidade não irá prejudicar a parte seca dos fios. Não irá prejudicar mas não irá ajudar, por isso eu indico o uso de um segundo shampoo, hidratante, na mesma lavagem, sempre.

Quanto à frequência, é ideal lavar o cabelo dia sim dia não (só para quem possui a raiz muito oleosa

Eu já tinha falado um pouco sobre a oleosidade sem falar das pontas secas e ressecadas, e se sua maior preocupação é somente com a oleosidade então sugiro ler essa outra matéria onde falo mais especificamente sobre o assunto:



Entenda que para você balancear o cabelo é necessário também tratar o que está "ruim". Por isso invista em uma máscara adequada e boa para seu tipo de cabelo e de acordo com o problema dele. Da mesma forma o leave-in, pois é ele que irá proteger o cabelo continuamente bem como tratar o fio enquanto estiver no cabelo.

Se seu cabelo estiver com um ressecamento grande, passado por químicas, e estiver bem áspero, então é ideal que você faça uma cauterização a frio no salão também. Pode ser mensal, bimestral, mas é necessário. No mais, tentarei ajuda-los com dicas por aqui sempre que possível. 



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 12 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG, também em salões parceiros pelo Brasil esporadicamente. Ex-professor de cabeleireiro, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Faz do blog Cabelos E Sonhos sua escola virtual onde compartilha o que sabe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...