8 Cortes Estilizados: A Era da Navalha Eletrica ou Navalha Quente - Cabelos E Sonhos

Postado dia 28 fevereiro 2011

Cortes Estilizados: A Era da Navalha Eletrica ou Navalha Quente




Recentemente vi em uma emissora de televisão perguntas acerca do corte com navalha. Como não podia deixar de ser, eu Marlon Bruno aqui do Blog Cabelos E Sonhos resolvi entrar de cabeça nessa polêmica e desmistificar alguns pontos.
Aqui fizemos um corte apenas de manutenção, mas aproveitamos para repicar o cabelo um pouco nas pontas.  Nas laterais optamos por desfiar, já que o cabelo tem bom volume ao natural sem escova. A navalha quente cauteriza enquanto corta.



Corte com navalha fica bom ou não: A resposta é SIM. Alguns cuidados devem ser tomados pelo profissional, tais como:
  • Navalha com lâmina sempre boa/nova
  • Saber qual o movimento final que a pessoa deseja
  • Ter domínio de angulagem de corte

Esses são os princípios básicos dos básicos. Contudo temos visto de algum tempo para cá pessoas mais antenadas questionarem sobre a Navalha Elétrica. Ela funciona? Estraga o cabelo? Rasga o cabelo? Queima? Então vamos pontuar essas questões agora aqui no blog. 

A navalha elétrica possui uma resistência que aquece sua lamina podendo esta chegar a 180ºC/356ºF. Tal temperatura na lamina ao entrar em contato com o fio corta-o cauterizando-o ao mesmo tempo.

Os cabelos ao serem cortados com a lamina nessa temperatura sofrem uma espécie de "selagem" das pontas, evitando assim que as mesmas venham a formar pontas duplas com facilidade.

Teve uma outra matéria em que eu mostrei um corte, também todo desfiado, porém em cabelos curtos, veja:


De modo algum estou aqui falando que ao cortar o cabelo com navalha elétrica/quente você não deve mais cauterizar o cabelo ou hidratá-lo. NADA DISSO. Cabelo sem cuidados como hidratação e cauterização é como o ser humano sem água e alimento.

Então qual a diferença de cortar com navalha eletrica/quente e cortar com uma navalha normal ou tesoura?

Resposta: A RESISTÊNCIA DAS PONTAS. Ao cortar com a navalha eletrica os fios, como dito, são cauterizados ao mesmo tempo e isso faz com que o fio tenha muito, mas muito mais resistência a formar pontas duplas.

Um cabelo cortado com navalha quente terá as pontas mais resistentes para passar por uma química sem ser tão danificada. E a estética do cabelo fica um espetáculo. Veja abaixo as fotos de um cabelo cortado com navalha quente feito por mim juntamente com a ultima matéria postada.


O corte com franja longa diagonal ressaltou o rosto da modelo e o repicado no restante deu forma e movimento. Como a mesma está deixando o cabelo crescer optamos por cortar de 2/2 meses para manutenção, o que permite a ela ganhar em torno de um palmo de cabelo saudável ao ano, pelo menos.

Esta é a única foto que foi utilizada na ultima matéria. Veja que os fios continuaram longos mas a franja, mais longa, ganhou um movimento lateral e realçou o rosto da modelo.

E para aqueles que as vezes duvidam da eficácia de nossas dicas, observem no link abaixo outra matéria feita com a mesma modelo 4 meses antes dessa.

Observem o tamanho da franja, por exemplo, e o comprimento e  vejam o crescimento nos últimos 4/5 meses, contando que cortamos 2 vezes após aquela matéria onde falei sobre longos e adaptáveis:


Ou seja, para quem quer fazer com que os cabelos ganhem comprimento, o ideal é cortar os fios de 3/3 meses, sendo que cortando apenas 1 dedo (1,5 cm em média) o restante ficará como "lucro".

Coloque isso à prova.



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 10 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG. Ex-professor de cabeleireiro em uma das maiores escolas de BH, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Tem se destacado na internet através do blog Cabelos E Sonhos por levar conhecimento com fundamento e técnica para o público consumidor e profissional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...