Postado dia 04 julho 2014

O respeito no corte de cabelo




Cortar cabelo é para muitas mulheres um terror. E isso se justifica porque quantas não são as vezes em que se pede para cortar dois dedos no comprimento e quando se vê foram cortados dois palmos? E isso se dá pela falta de respeito. Vou aqui dar uma dica importante para evitar que isso aconteça.


O cabeleireiro dela não respeitou...



Como surgiu essa matéria? Simples. Uma moça ligou aqui no salão e marcou corte, de pronto. Chegando aqui, um cabelo com brilho, legal, mas com uma grande insatisfação.


Ela tinha o cabelo próximo à cintura, quando da indicação de uma amiga ela foi em um cabeleireiro aqui em Belo Horizonte. Chegando lá ela mostrou a foto de uma blogueira que tinha o cabelo e rosto muitíssimo parecido com o dela.

Pediu aquele corte que era praticamente um chanel simples e inteiro, de franja até as pontas e pouco abaixo do ombro, ou melhor, no ombro.

Entretanto o "cabeleireiro" que não vou citar nem o tipo que ela mesma falou, pegou uma navalha e desfiou o cabelo dela desde próximo à orelha até no ombro. Quando ela disse que não era aquilo que tinha pedido apenas ouviu: "mas o corte que você pediu era sem graça!".

Pergunta: que cabeleireiro é esse que não respeita o gosto da pessoa?

E salientando que o problema não foi ter cortado com navalha veja uma matéria onde eu falo do benefício da navalha quente e veja um corte que fizemos com esse instrumento:


E o interessante é que essa moça procurou na internet por corte de cabelo em Belo Horizonte para consertar algo que ela recebeu por indicação.

Cortar o cabelo é um desafio e não deveria ser assim. Tanto que aqui no salão onde trabalho, onde corto, já que estamos falando disso, eu faço o que pedem.

Claro que ajudo com sugestões mas o final sempre é o que a pessoa escolhe.

Afinal a maior moda é aquela que agrada a pessoa. Posso cortar cabelos com ousadia ou com "timidez" depende do que a pessoa deseja e da proposta do corte.

Para você que pretende fazer uma mudança no corte ou mesmo pretende ir a um cabeleireiro novo, que você ainda não conhece, a dica que dou é deixar bem claro suas intenções e colocar inclusive uma espécie de consequência caso ele faça mais do que o pedido.

Por exemplo, se você vai retirar 1 ou 2 palmos no cabelo, vai passar de um longo para um cabelo nos ombros e quer ele inteiro, então deixe isso bem claro para o cabeleireiro salientando que se for feito algo além disso ele será responsabilizado.

Ousadia não tem a ver com falta de respeito.

Lembro que uma cliente, amiga nossa, pedia para cortar o cabelo sempre curtinho, e eu sugeri então que ela deixasse crescer uns 6/8 centímetros para então fazermos um chanel mais desfiado.

Ela apostou e fizemos um corte que acabou virando foto da primeira matéria do blog, que você pode conferir no link abaixo:

Veja que não foi uma imposição, eu sugestionei e ela apostou. E gostou muito do corte e acabou por então passar a usar o cabelo nesse novo comprimento.

Por isso se você quer mudar o corte, ou mesmo fazer um corte para deixar o cabelo crescer, deixe isso claro para o cabeleireiro. E se você quiser cortar o cabelo em Belo Horizonte, bem... estamos aí!



Sobre o autor:

Marlon Bruno é cabeleireiro a mais de 12 anos e atua no bairro Belvedere em Belo Horizonte/MG, também em salões parceiros pelo Brasil esporadicamente. Ex-professor de cabeleireiro, é Especialista Master Redken e educador pela marca. Presta consultoria para empresas e profissionais. Faz do blog Cabelos E Sonhos sua escola virtual onde compartilha o que sabe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...